Sem Comentarios

Ex-jogador do Galícia é executado a tiros na Baixa de Quintas

Ítalo tentou fugir a pé dos bandidos e foi alcançado próximo a um viaduto - Foto: Leo Moreira l Ag. A TARDE e Reprodução

Um ex-jogador do Galícia foi assassinado a tiros na manhã do domingo, 25, na Baixa de Quintas. Segundo testemunhas, Ítalo de Sousa Bispo, 27 anos, estava num táxi no posto de combustível conhecido como Dois Leões, quando dois homens o avistaram e atiraram contra ele.
Mesmo ferido, Ítalo tentou fugir a pé, mas foi alcançado pelos criminosos, que estavam de moto, e foi morto próximo ao viaduto da Via Expressa Baía de Todos os Santos, na Avenida Glauber Rocha, ao lado de uma quadra esportiva.
A Polícia Civil informou que, segundo familiares, na manhã de domingo a vítima participou de um jogo de futebol amador e, à tarde, saiu com a namorada para comemorar a vitória do time.
Policiais militares da 37ª CIPM (Liberdade) foram acionados para atender a ocorrência. A guarnição isolou o local e acionou o Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc) para remoção e perícia.
O corpo de Ítalo foi sepultado nesta segunda-feira, 26, no Cemitério Ordem Terceira de São Francisco, próximo de onde o crime foi cometido. A 3ª Delegacia de Homicídios (DH/BTS) investiga a autoria e motivação do crime.
'Jornada' dupla
Ítalo chegou a disputar nove partidas este ano pelo Galícia e fez parte do time que disputou a segunda divisão do Campeonato Baiano. Mas parece que fora dos gramados o atleta tinha uma vida dupla.
O zagueiro acumulava passagens pela polícia por roubo e posse de arma de fogo e havia saído da prisão há quase um ano. Manolo Muiños, presidente do Galícia, se mostrou surpreso com o fato.
“Foi uma surpresa. A gente nunca espera. Não sabia sobre a passagem dele pela polícia. Aqui, o tempo que passou com a gente ele era um cara gente boa, gentil. Não tinha o que falar dele. Mas ele não tinha mais nenhum vínculo com o Galícia. Infelizmente, esse tipo de caso a gente vê direto. A repercussão foi maior porque ele era jogador”, ressaltou o gestor.
Além de Galícia, Ítalo já foi atleta do Fluminense de Feira.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.