Sem Comentarios

Energético é proibido após provocar ereções por mais de 6h de duração


Um energético foi proibido na Zâmbia, localizada no continente africano, por provocar ereções de mais de 6h de duração.
De acordo com a revista Super Interessante, a decisão de vetar a bebida ocorreu após um caso registrado na Uganda, em dezembro de 2018. Um homem consumiu o Power Natural High Energy Drink SX, que é produzido no país, e relatou que estava suando constantemente e que teve uma ereção de mais de seis horas.
Autoridades analisaram a bebida e detectaram vestígios de citrato de sildenafila, um composto utilizado para tratamento de disfunção erétil.
O energético é produzido pela empresa Revin Zambia e exportado para outros países africanos. No Malaui, o produto já havia sido proibido em janeiro.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.