Sem Comentarios

Lava Jato: Nova fase investiga organização criminosa que agia na Petrobras

Lava Jato: Nova fase investiga organização criminosa que agia na Petrobras
Foto: Divulgação

A mais nova fase da Operação da Lava Jato foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (5), e investiga a organização criminosa estruturada que, de acordo com a Polícia Federal (PF), agia para lesar a Petrobras na área de trending. Há 11 mandados de prisão preventiva, que é por tempo indeterminado, e 26 de busca e apreensão no Rio de Janeiro (RJ) e um em Petrópolis (RJ).
Até o momento, cinco pessoas foram presas. Dez mandados de prisão devem ser cumpridos.

Nesta fase da investigação policial foi possível delinear a existência de organização criminosa estruturada e atuante no sentido de lesar a Petrobras, especialmente em sua área de trading, onde são realizados os negócios de compra e venda de petróleo e derivados para ou da Petrobras por empresas estrangeiras. 

Além disso se verificou também indícios de irregularidades na realização de negócios de locação de tanques de armazenagem da ou para a Petrobras pelas mesmas empresas investigadas.

Todos estas operações ocorriam de forma a viabilizar o pagamento de vantagens indevidas a executivos e ganhos acima dos praticados no mercado para estas empresas. 

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.