Sem Comentarios

Funcionários dos Correios decidem manter a greve em assembleia

Os funcionários dos Correios decidiram na segunda-feira (02), em assembleia realizada no Comércio, em Salvador, manter a greve em prol de reajuste salarial e aumento de benefícios para a categoria, que teve inicio no último dia 19 de setembro. 

Sem acordos, uma nova reunião ocorrerá após a audiência de conciliação, agendada para a próxima quarta (04), em Brasília, com a presença de funcionários e representantes da empresa. Esta nova assembleia, em Salvador, ainda não tem data definida.
Embora considerada abusiva pelo vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Emannoel Pereira, a assessoria dos Correios na Bahia afirmam que 74,03% de seus efetivos está trabalhando, com a suspensão, somente, dos serviços de hora marcada, como Sedex 10, Sedex Hoje, e Logística Reversa Domiciliária. A informação é contestada pelo Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos da Bahia (Sincotelba), que diz que 70% dos efetivos estão com atividades suspensas.
Apesar da greve ganhar força em outros estados, os Correios afirmam que “empregados que aderirem à paralisação, devem retornar aos seus postos de trabalho imediatamente”.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.