Sem Comentarios

Temer fez jogo que Dilma não soube fazer, avalia Levi Vasconcelos

Para pontuar: só acha que o toma lá, dá cá no jogo federal é sujo quem não conhece os bastidores da mandinga. Sempre foi assim. Em 1997, Fernando Henrique Cardoso queria aprovar o direito da reeleição e dois deputados do Acre, Ronivon Santiago e João Maia, tiveram que renunciar porque, numa gravação, um deles confessava que ambos receberam R$ 200 mil agenciados pelo ministro Sérgio Mota, o Serjão, autor da célebre frase É dando que se recebe.
Claro que com Temer isso ganhou visibilidade intensiva porque envolve o próprio num caso de acusação de corrupção. Mas apenas ele jogou o jogo de sempre, o mesmo jogo que Dilma não soube jogar.
Em meados de 2014, na pré-campanha, Dilma nos deu uma entrevista no Hotel Pestana, a mim, pela Tudo FM, e a Mário Kertész, pela Metrópole. Era num tempo em que o PR pressionava para tirar César Borges, ex-senador baiano, do Ministério dos Transportes. Fim de entrevista, conversa informal com o então governador Jaques Wagner, surge o papo de César. Nos pedindo reserva, ela reagiu:
– Você não vê que eu não vou tirar o César para atender a um pedido da Papuda?
Referia-se a Valdemar Costa Neto, o dono do PR, então preso na Papuda por conta do mensalão. Acabou atendendo.
Hoje Dilma se gaba de que não sabia jogar o toma lá, dá cá de Temer. E é verdade. Por isso dançou com os mesmos atores da Câmara que agora absolveram Temer.
Momento histórico - De Rui Costa, sobre o afastamento de Fernando Torres da Secretaria de Desenvolvimento Urbano para ir a Brasília votar no caso de Temer:
– Há mais de 15 dias ele tinha me pedido para participar deste momento histórico.
O PCdoB esperneou, já que Davidson Magalhães, que é suplente, acabou rifado.
Placar baiano
No placar baiano da votação de anteontem, dos 38 votantes (Ronaldo Carletto, do PP, tomou doril), 21 foram contra Temer e 17 a favor.
Seis dos 17 de Temer são aliados de Rui Costa. Já entre os que ficaram contra, quatro dos 21 são adversários.
Óbvio que com Temer os opositores de Rui amealharam mais créditos. Mas os dois lados concordam que isso só prevalece se tudo ficar como está. Se vierem novas turbulências...
Papagaio de pirata - Na votação do processo de Temer o deputado Luiz Caetano (PT) grudou ao lado do microfone e ficou bastante visível com todos que iam votar.
Virou sensação nas redes sociais, principalmente na área de Camaçari e cercanias. Dizem que ele portou-se como um exemplar papagaio de pirata.
Piada pronta
A coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo, deu nesta quinta como certo que o DEM, ou Democratas, o partido de ACM Neto, estaria mudando o nome para Mude.
O deputado José Carlos Aleluia, presidente do partido na Bahia, nega. Diz que tudo não passa de especulação. Admite que cogita-se uma mudança de nome (como todos os demais partidos estão fazendo), mas nada há de concreto, muito menos definição de nome.
Se fosse, seria uma piada pronta. O partido já foi Arena, mudou para PDS, depois para PFL e agora é DEM. Mudar para Mude seria assumir o gosto pela coisa.
POUCAS & BOAS
O deputado José de Arimatéia (PRB), presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde, promove segunda (9h) na Assembleia audiência pública para discutir o aleitamento materno. O evento tem a ver com o Dia Mundial da Amamentação, que integra a programação da Semana Mundial de Aleitamento Materno, lembrada em mais de 150 países, de 1º a 7 de agosto, daí a chamar-se de Agosto Dourado.
A Praça do Sol, em Periperi, vai receber amanhã (das 8 às 12h) a Feira de Saúde Solidária, promovida pelo Instituto Nacional de Amparo à Pesquisa, Tecnologia e Inovação na Gestão Pública (INTSA). É uma série de ações que pretende contribuir com a gestão pública em saúde, educação e assistência social.
O Sinttel (Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações) realiza terça no auditório Damário Cruz (14h) um debate sobre a reforma da Previdência. Vão falar Cedro Silva, presidente da CUT, Augusto Vasconcelos, presidente do Sindicato dos Bancários, e Hamilton Assis, militante do movimento negro.


Levi Vasconcelos
Colaborou: Juracy dos Anjos

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.