Sem Comentarios

Após discussão com PM, Igor Kannário será indiciado por desacato


O cantor e vereador Igor Kannário será indiciado por desacato a um funcionário público, por conta de uma confusão envolvendo uma policial militar na Micareta de Ferira de Santana (a 109 km de Salvador), que aconteceu em maio deste ano. Segundo a Polícia Civil, ele prestou depoimento na manhã desta terça-feira, 27, e alegou ter agido no calor da emoção.
Confusão
O caso aconteceu no dia 21 de maio deste ano, durante a passagem do trio do artista na Micareta de Feira de Santana. No evento, o cantor acusou uma militar de ter agredido os foliões, exigindo respeito por parte dela.
"Ô Pfem. Você é só uma Pfem, eu sou mais autoridade do que você. Eu sou vereador. Me respeite e procure o seu lugar!", disse o cantor.
Instantes depois da confusão, Kannário prosseguiu como o show, mas logo interrompeu o repertório  novamente e iniciou uma nova discussão. "Parou, parou! Ela tá mandando eu tomar no meu.. Uma policial mandando eu tomar no meu c*? Ela tem que se respeitar", disse.
Em contato com o gabinete do vereador, a coordenadora Iara Caldeira, disse que não poderia se posicionar, pois ainda, não esteve com parlamentar para saber mais esclarecimentos sobre o caso.

Relembre o fato:

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.