Sem Comentarios

Policiais civis entram em conflito ao tentar invadir Congresso durante protesto

Policiais civis entram em conflito ao tentar invadir Congresso durante protesto
Foto: Lucas C. Ribeiro / Sinpol-DF

Um ato organizado por policiais civis de vários estados e do Distrito Federal terminou em confusão na tarde desta terça-feira (18), em Brasília. Um grupo que protestava contra a reforma da Previdência tentou invadir o Congresso Nacional e houve tumulto, com quebra de vidraças do prédio. De acordo com o G1, a Polícia Legislativa usou spray de pimenta e bombas para dispersar o conflito. O protesto reunia mil policiais no gramado em frente à sede do Legislativo, mas não houve registro de feridos. O ato foi convocado pela União dos Policiais do Brasil (UPB), que reúne mais de 30 associações e sindicados de segurança pública do país. De acordo com a organização do evento, comboios de todas as regiões do país compareceram ao protesto. A UPB afirmou, em nota divulgada à imprensa, que o objetivo era pedir a retirada de um dos trechos da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287, o que retira a classificação de "atividade de risco" das categorias. A mudança, de acordo com a entidade, elevaria o tempo mínimo de contribuição dos profissionais, "que, comprovadamente, têm uma expectativa de vida inferior ao restante do funcionalismo público".

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.