Sem Comentarios

Acusado de matar oito pessoas é assassinado em frente a casa da mãe

Um dos acusados de participar da morte do empresário Gil Marques Porto Neto, no dia 21 de maio, de 2014, em Feira de Santana, Foi assassinado dentro do  próprio carro nesta  quarta-feira (19) na mesma cidade. 
De acordo com informações, Eliomar Alexandre Rosa Nunes, 32 anos, mais conhecido pelos apelidos de Galego, Kinha e Bunda Branca foi atingido por aproximadamente 30 tiros, em frente à casa da mãe, na Rua Irã, no bairro Caseb.
No local, peritos criminais encontraram balas calibre 380, 12 e 45. Os disparos foram realizados por três homens que estavam em um carro e atingiram também a mãe da vítima, Rita de Cássia Santos Rosa, de 57 anos, e o irmão José Ronaldo Rosa, 21 anos.
Bunda branca se encontrava em liberdade provisória concedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio de Melo depois de ficar  dois anos preso, sob a acusação de ter matado oito pessoas durante a greve da Polícia Militar de 2014. Na época, foram encontrados com ele uma carteira de detetive e um arsenal.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.