Sem Comentarios

CASAL DE PASSAGEIROS É RETIRADO DE AERONAVE DA AVIANCA EM PETROLINA

Situações em que a indisciplina ou a conduta agressiva de passageiros prejudica a tranqüilidade do vôo – estão crescendo, diz a Iata (Associação Internacional de Transporte Aéreo, na sigla em inglês) no seu relatório de 2016. Segundo o documento, mais de 38 mil incidentes foram reportados por companhias aéreas de todo mundo à entidade, entre 2007 e 2014. O relatório ainda destaca que esses eventos atrapalham outros passageiros, podem afetar as operações aéreas, ameaçar a tripulação, afetar a segurança e aumentar os custos da companhia.
No Brasil, as empresas aéreas capacitam às tripulações das aeronaves e as equipes que atuam em solo para identificar passageiros cujo comportamento sinaliza o risco de transtornos durante o vôo e para adotar procedimentos caso a indisciplina prejudique a tranqüilidade da viagem. “Um passageiro inconveniente fere o princípio da segurança patrimonial. Mas isso pode acabar causando danos também à segurança operacional. Por isso as empresas se preparam desde o check-in até o vôo”, diz o consultor da Diretoria de Segurança e Operações de Vôos da Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas), comandante Paulo Roberto Alonso.
O Aeroporto Internacional de Petrolina Senador Nilo Coelho registrou fato semelhante no final da tarde deste domingo quando a Polícia Militar e posteriormente, à Polícia Federal, foram chamadas para retirar de uma aeronave da empresa Avianca um casal que estava promovendo transtornos na viagem que tinha como destino a cidade de Recife (PE).
O Casal reside na capital pernambucana e foi retirado da aeronave pelos policiais militares Avelar e Edmar, lotados no 5º BPM. Em seguida, o casal seguiu de taxi para sede da Delegacia da Polícia Federal em Juazeiro, acompanhado por um agente da PF e pelos dois policiais militares.
No Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia da Polícia Federal não foi esclarecido o motivo da retirada do Sr. Assuero Mastroianni Rafael de Miranda e da Sra. Lussandra Carla Freitas Galindo de Souza, foi dito apenas que a retirada do casal foi atendendo uma solicitação do Comandante da aeronave da Avianca.

Imagens da Internet
Fonte/Pesquisa: Blog do Geraldo José

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.