Sem Comentarios

Rejeição a vistos dos EUA a brasileiros deve ser três vezes maior que em 2015

Rejeição a vistos dos EUA a brasileiros deve ser três vezes maior que em 2015
Fila no Consulado Americano em SP | Foto: Visto Rápido

A rejeição de vistos dos Estados Unidos a turistas brasileiros deve ser, neste ano, superior a 15%, quase o triplo do registrado em 2015 (5,36%) e o quíntuplo (3,2%) de 2014. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, o balanço será divulgado na próxima segunda-feira (28). A embaixada americana não quis comentar os dados parciais do relatório do Ministério de Relações Exteriores, lançado nesta segunda-feira (21). O documento critica a proposta de prorrogar a isenção unilateral de vistos para visitantes americanos, canadenses, japoneses e australianos, válido entre 1º de junho a 18 de setembro deste ano, por causa dos Jogos Olímpicos. "Em 2016, registrou-se apenas um pico de entrada de estrangeiros no País, o qual coincidiu com o período exato dos Jogos Olímpicos Rio 2016. É razoável que esse aumento seja atribuído muito mais à própria realização dos Jogos Olímpicos do que à isenção de vistos", diz o relatório. Em agosto, quando foi realizado o evento, 116.253 turistas americanos entraram no país, um aumento de 47,3% em relação a agosto de 2015. Um dos motivos do posicionamento do Itamaraty é a elevada taxa de recusa de vistos por parte dos americanos – que seria causado pela crise econômica brasileira e pela percepção de que há mais brasileiros tentando imigrar de forma ilegal. O ministério também aposta em um provável aumento da rigidez da política migratória no governo de Donald Trump, que assume no dia 20 de janeiro. Também aumentou o número de brasileiros barrados na União Europeia: 41% somente no segundo trimestre deste ano. Foram 945 impedidos, sendo 669 no mesmo período em 2015, de acordo relatório divulgado pela Frontex (Agência Europeia de Guarda de Fronteiras e Costeira). 

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.