Sem Comentarios

Força-tarefa da Operação Lava Jato devolve R$ 204,2 milhões à Petrobras

Força-tarefa da Operação Lava Jato devolve R$ 204,2 milhões à Petrobras
Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

O Ministério Público Federal no Paraná (MPF-PR) devolveu à Petrobras R$ 204,2 milhões recuperados por meio de 21 acordos fechados pela força-tarefa da Operação Lava Jato, sendo 18 de delação premiada e três de leniência. O órgão realizou uma cerimônia na tarde desta sexta-feira (18) para oficializar a devolução. Esta é a terceira devolução de dinheiro à estatal. Ao todo, já foram entregues cerca de R$ 500 milhões. O lobista Hamylton Pinheiro Padilha Junior foi quem devolveu o maior valor, de R$ 56,4 milhões. Em seguida aparece o ex-gerente de serviços da Petrobras, Pedro Barusco, responsável pela devolução de R$ 41,5 milhões. O valor devolvido por eles representa quase metade do total. Coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, o procurador da República Deltan Dallagnol classificou como uma "façanha" a recuperação de dinheiro roubado dos cofres públicos. "Nós não podemos mais considerar normal o que é anormal. Nós temos que romper esse ciclo", afirmou. O presidente da Petrobras, Pedro Parente, também participou da cerimônia.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.