Sem Comentarios

Com salários atrasados, professores invadem Prefeitura de Curaçá

Os professores da rede municipal de ensino da cidade de Curaçá, Bahia, acabam de invadir as instalações da Prefeitura Municipal. De acordo informações dos próprios professores, eles  estão há vinte dias aguardando um posicionamento da administração Carlinhos Brandão (PSD) sobre os reiterados atrasos de salários, e há quinze dias em greve, pois a gestão não se manifestou de maneira alguma.
Os professores ainda estão preocupados com o pagamento do décimo terceiro salário já que o prefeito não tem honrado com seus compromissos com a categoria desde o inicio de sua administração.
Os professores ainda estão preocupados com o pagamento do décimo terceiro salário já que o prefeito não tem honrado com seus compromissos com a categoria desde o inicio de sua administração.
De acordo Previsão da Confederação Nacional dos Municípios – CNM, a administração municipal terá condições de pagar essas pendencias com os professores e o restante dos funcionários, já que o município receberá no próximo dia 20 de novembro R$ 1.378.231,18, valor este, referente a repatriação de recursos do exterior. Mas informações dão conta que os funcionários podem ficar a ver navios, isso porque o prefeito está endividado até o pescoço e pode tentar pagar esses compromissos também pendentes.

No Ministério Público, Controladoria Geral da União (CGU) e na Polícia Federal existem denúncias de improbidade que se arrastam há anos, e que o gestor até o momento não foi punido. Não será novidade para a sociedade ele cometer outros atos de improbidade administrativa já que foi derrotado nas urnas, e ainda, os seus votos não terem sido computados. O clima na cidade é de horror com muitas pessoas desempregadas, comércio abalado, e o pior: o aumento da criminalidade e prostituição.
Para o representante da APLB-Sindicato na região, professor Gilma Nery “esta não é a primeira que os professores ocupam a prefeitura, isso porque ao longo do tempo o prefeito não vem cumprindo com que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal. Espero que até o final de seu mandato cumpra suas obrigações”.
A reportagem tentou contato com a administração municipal e não conseguiu.

Fonte: acaopopular.net

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.