Sem Comentarios

Médica que atropelou e matou professora é indiciada por homicídio culposo


A médica Rute Nunes Oliveira Queiroz, de 49 anos, foi indiciada por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, pelo acidente de trânsito que vitimou a professora de balé, Geovana Lemos, de 41 anos, no dia 15 de março, na Pituba, em Salvador.
O carro da médica seguia na Av. ACM quando atingiu uma motocicleta. Geovana estava na garupa da moto. Já o mototaxista Luciano da Silva Lopes sobreviveu à colisão.
De acordo com a Polícia Civil, o laudo concluiu que se tratou de um acidente de trânsito, pois a medica não utilizava telefone celular no momento da colisão.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.