Sem Comentarios

Cerca de 940 mil baianos ainda não declararam o Imposto de Renda

Embora a Receita Federal estime que 1,1 milhão de pessoas façam a declaração do Imposto de Renda (IR) na Bahia, 940 mil baianos ainda não enviaram a documentação. Apenas 217 mil baianos realizaram a declaração. O prazo encerra dia 30 de abril. 
Para o economista Edval Landulfo, a documentação pode ser um dos fatores que influenciam na demora na declaração do IR "mas, geralmente, quem faz a restituição primeiro é o público A e B, como por exemplo, alguns servidores públicos”, disse, acrescentando que quanto mais tempo, maior a restituição.
O economista também alerta para os contribuintes não deixarem a declaração para última hora. “Nos últimos dias o site apresenta problema e pode faltar algum documento levando o contribuinte a cair na malha fina”, concluiu.
A Receita Federal recebeu, até a última quinta-feira, 4.754.759 declarações do Imposto de Renda Pessoa Física  2018. De acordo com o órgão, a expectativa é que 28,8 milhões de contribuintes enviem a declaração.
Quem recebeu acima de R$ 28.559,70, em 2017, deve declarar o IR. Em casos específicos, a exemplo de atividades rurais, só deve declarar o contribuinte que teve receita bruta superior a R$ 142.798,50. O contribuinte tem diversas opções para prestar conta a Receita Federal.  Uma das alternativas é o programa do Imposto de Renda 2018 que pode ser baixado no próprio site da Receita Federal.
Além de preencher a declaração através do aplicativo Meu Imposto de Renda, a plataforma ainda permite realizar retificações depois do envio da declaração. O contribuinte também tem a opção de acessar o serviço ‘Meu Imposto de Renda’, no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC), disponível no site da Receita, com uso de certificado digital.
O contribuinte que não cumprir o prazo da declaração será multado com 1%, com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% sobre o imposto devido. Os limites para deduções por dependente estão limitados a R$ 2.275,08. Despesas com educação têm limite individual anual de R$ 3.561,50. Com empregadas domésticas, a dedução de gastos é de R$ 1.171,84.
Novidades em 2018
Este ano é obrigatório apresentar o CPF para dependentes a partir de 8 anos, completados até o dia 31 de dezembro de 2017. Na declaração de bens, é necessário incluir campos para informações complementares, contendo números e registros, localização e número do Registro Nacional de Veículo (Renavam). 
É necessário também incluir a informação sobre a alíquota efetiva utilizada no cálculo da apuração do imposto. Outra novidade é a possibilidade de impressão do Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf) para pagamento de todas as cotas do imposto, inclusive as que estão em atraso.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.