Sem Comentarios

Funcionários dos Correios entram em greve em Feira de Santana por falta de assistência médica


Os funcionários dos Correios da cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, 
entraram em greve por tempo indeterminado, na segunda-feira (10), por falta de assistência 
médica. Segundo o Sindicato dos Funcionários dos Correios do município, a categoria está com atendimento suspenso há três meses no hospital particular da cidade, por falta de cobertura do 
plano de saúde na unidade.
Segundo o diretor do sindicato, Judicael Botelho, por conta da falta do serviço, os trabalhadores
 que precisam de atendimento especializado, que não é oferecido em hospitais públicos da região, precisam se deslocar para Salvador.
Durante a greve, conforme o diretor do sindicato, os cerca de 300 funcionários que trabalham na 
cidade estão parados e o transporte de cargas e a entrega de correspondências na região foi 
suspenso. No entanto, o atendimento foi mantido em algumas agências da cidade.
Em nota, os Correios informaram que a Postal Saúde, empresa que gere o plano de saúde dos funcionários, está com negociação em fase avançada para a retomada do atendimento no 
hospital. Segundo os Correios, a previsão de retorno do serviço é breve, mas não foi divulgada 
uma data específica para o atendimento ser restabelecido.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.