Sem Comentarios

Governo Federal exonera 19 servidores por práticas ilícitas na Bahia


No ano passado, 19 servidores federais foram exonerados por práticas ilícitas na Bahia. O número foi maior que o de 2015, com 17 exonerações.


Em todo o Brasil, foram expulsos no ano passado 550 servidores públicos, sendo o principal motivo dessas exonerações atos ligado à corrupção.
Outros motivos são o abandono de cargo, acumulação ilícita de cargos, falta de assiduidade, procedência de forma desidiosa ou administração de sociedade privada.
Todos os dados foram divulgados pela Controladoria Geral da União (CGU). Os dados não incluem funcionários de empresas estatais como os Correios, Petrobras ou Caixa Econômica.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.