Sem Comentarios

Bolsa Família: MPF encontra mais de 870 mil perfis suspeitos; Bahia tem mais de 140 mil

Bolsa Família: MPF encontra mais de 870 mil perfis suspeitos; Bahia tem mais de 140 mil
Foto: Reprodução / AGM

O Ministério Público Federal (MPF) expediu recomendações a 4.703 prefeituras para a realização de visitas domiciliares a mais 870 mil beneficiários do programa Bolsa Família identificados por suspeita de não cumprir os requisitos econômicos determinados pelo governo federal. As suspeitas de irregularidades foram verificadas durante o Raio-X Bolsa Família, realizado pelo MPF entre 2013 e maio de 2016. Os pagamentos aos perfis suspeitos somam mais de R$ 3,3 bilhões. O balanço foi divulgado nesta sexta-feira (11) e está disponível no site da Procuradoria. De acordo com Raio-X, a Bahia foi o estado que mais repassou recursos para perfis suspeitos: R$536.716.597,00, destinados a 141.481 beneficiários. O MPF-BA já enviou às recomendações às prefeituras afetadas. Apesar da Bahia liderar em recursos repassados, o estado com maior incidência de perfis suspeitos foi Roraima, com 8,89% de recursos do programa pagos a perfis suspeitos. O Pará apresentou o menor percentual: 1,62% estão sob suspeita.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.