Sem Comentarios

Boxeadora baiana conquista medalha de ouro no Pan-Americano de Lima


A baiana de Salvador, Beatriz Ferreira, fez história nos Jogos Pan-Americanos de lima, no Peru. Na noite da última sexta-feira (2), a boxeadora conquistou a primeira medalha de ouro do boxe feminino brasileiro na competição, e ainda quebrou um jejum de 12 anos do país na modalidade geral desde o ouro de Pedro Lima na Rio 2007.
A atleta (até 60kg) derrotou a argentina Dayana Sanchez, prata em Toronto 2015, e faturou uma das seis medalhas brasileiras no boxe do Pan da capital peruana. Foram quatro finais para o Brasil, algo que não acontecia desde os jogos de São Paulo, em 1963.
“Agradeço a todos que torceram por mim. Cumpri o dever de casa, a missão que me foi dada. Nossa equipe foi muito bem treinada, estávamos focados. Agora veio a recompensa com todas essas medalhas. Estou satisfeita, muito feliz com esse resultado”, afirmou Beatriz.
O também baiano, Hebert Conceição, perdeu para o cubano Arlen López Cardona na final da categoria até 75kg, e ficou com a medalha de prata.

Hebert conceição após a decisão com o cubano (Foto: Ivan Alvarado/Reuters)
Keno Marley Machado, de Conceição do Almeida, na Bahia, e Jucielen Romeu, de São Paulo, também levaram prata ao perderem suas respectivas decisões na noite da última quinta-feira (1°).

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.