Sem Comentarios

Ford anuncia programa de demissões voluntárias em Camaçari

A fábrica de Camaçari, que opera em três turnos, está em funcionamento desde 2001 - Foto: Joá Souza l Ag. A TARDE l 12.12.2013

A Ford anunciou um Programa de Demissões Voluntárias (PDV) na fábrica de Camaçari, localizada na Região Metropolitana de Salvador (RMS), na Bahia.
Por meio de nota, a montadora americana afirmou que a medida tem como objetivo adequar o excedente de empregados à atual demanda de mercado. Na unidade, são fabricados os veículos Ford Ka e Ecosport.
De acordo com a companhia, os funcionários que quiserem participar do PDV poderão se inscrever até o próximo dia 26.  A empresa concederá R$ 35 mil a cada funcionário que optar pelo programa, além das verbas rescisórias.
“A Ford confirma a abertura de um Programa de Demissão Voluntária (PDV) para os empregados operacionais da fábrica de Camaçari (Bahia), no período de 8 a 26 de abril de 2019. Essa medida tem como objetivo adequar o excedente da força de trabalho à atual demanda de mercado”, informou a nota.
Em entrevista ao Valor Econômico, o diretor do sindicato dos metalúrgicos de Camaçari, Clécio Vanderlei de Aguiar, disse que "a empresa alega que tem 450 pessoas a mais na sua folha de pagamento e, por isso, abriram o PDV depois de muita negociação".
No complexo, trabalham 8,2 mil pessoas, sendo que 4,8 mil funcionários são da Ford e outros 3,4 mil lotados nos fornecedores e parceiros. A fábrica de Camaçari, que opera em três turnos, está em funcionamento desde 2001. 

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.