Sem Comentarios

Moçambique registra cinco casos de cólera após ciclone e inundações

Segundo o último balanço das autoridades, o ciclone e as inundações deixaram 468 mortos no país - Foto: Yasuyoshi Chiba | AFP

As autoridades de Moçambique informaram, nesta quarta-feira, 27, o registro de cinco casos confirmados de cólera neste país pobre da África Austral, afetado desde meados de março por um ciclone e por inundações que deixaram mais de 400 mortos.
"Temos cinco casos de cólera confirmados. São em Beira e seus arredores", disse o diretor nacional de Saúde, Ussein Isse, em entrevista coletiva em Beira, uma cidade de meio milhão de habitantes destruída em parte pelos embates do clima.
"Terá mais, porque cólera é uma pandemia. Quando há um caso, podemos temer outros", acrescentou. "Estamos pondo em marcha medidas preventivas para limitar o impacto" dessa epidemia, frisou.
Segundo o último balanço das autoridades, o ciclone e as inundações deixaram 468 mortos no país. Além disso, 1,8 milhão de pessoas também foram afetadas, segundo a a ONU.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.