Sem Comentarios

Municípios do Vale do São Francisco são beneficiados com o Projeto Cisternas

Uma nova etapa do Projeto Cisternas está sendo iniciada pelo Consórcio Sustentável do Território do São Francisco (CONSTESF), através de convênio com o Ministério de Desenvolvimento Social (MDS). Juazeiro, Casa Nova, Sobradinho, Sento-Sé e Canudos serão beneficiados com mais cisternas para consumo humano, capazes de captar e armazenar até 16 mil litros de água. O presidente do CONSTESF e prefeito de Canudos, Genário Rabelo, afirma que a meta é construir 640 cisternas nesses municípios, garantindo que famílias das áreas rurais possam armazenar água de forma adequada para beber e cozinhar, durante os meses de seca.
As famílias beneficiadas com as cisternas, completa Genário, estão sendo capacitadas através de curso de gerenciamento de recursos hídricos, com o objetivo de discutir a importância da tecnologia como ferramenta de convivência com o semiárido, além de preparar os beneficiários para o uso correto da tecnologia. “Nós que trabalhamos com essas tecnologias de convivência com o semiárido entendemos que, acima de tudo, as cisternas e barreiros levam, através do acesso à água, cidadania para nosso povo e segurança alimentar”, explica.
Ainda de acordo com o presidente do CONSTESF, em todo o Território do Sertão do São Francisco já são 2.500 famílias beneficiadas com as tecnologias do Projeto Cisternas. “A nova etapa vem para somar às outras tecnologias já implantadas nesses municípios, cumprindo o objetivo de universalizar o acesso à água”, enfatiza.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.