Sem Comentarios

EM RECIFE: EAF conquista 3 medalhas no Campeonato Brasilero SUB 18

 

A Escolinha de Atletismo Flamengo fez história mais uma vez em disputa de uma competição nacional. Desta feita tudo aconteceu no Campeonto Brasileiro de Atletismo Caixa SUB 18 , realizado na capital pernambucana.
Logo no primeiro dia (sexta-feira) o atleta Adriano dos Santos, 16 anos, morador da Rua do Mutirão em Jaguarari, surpreendeu a todos os clubes do Sul e Sudeste, avançando a final dos 800 metros rasos com a segunda melhor marca (1.55.73) e que o colocou na  terceira posição do ranking nacional.
Eram 32 atletas, tentando ficar entre os 8 que fariam a final e no dia seguinte o jovem que tem toda a sua família residindo em Flamengo e no pequenino povoado de Lagedo correu (1.56.10) pra se garantir no pódio, conquistando uma prata que vale ouro pelas dificuldades que todos da EAF passaram pra chegar até essa competição.
Na mesma tarde em que Adriano brilhou a jovem de 17 anos, Thais Martins, moradora do povoado de Serra dos Morgados, conquistou medalha de prata na prova dos 2.000 metros com obstáculos. Ela correu em 7.33.94, enquanto que sua parceira de treino, Ticiane Bonfim, vice na mesma prova em 2017, finalizou na quarta colocação com o tempo de 8.00.72. Nos 3.000 metros rasos Thais finalizou em quarto lugar com 11.22.42 e Ticiane sentiu o forte calor e desistiu.
Já no domingo, dia 20 Adriano voltou a pista do Centro Esportivo Santos Dumont para a disputa da final por tempo dos 1.500 metros rasos. Ele ficou em segundo na série 2 e terceiro geral, conquistando um bronze, que colocou a AASF, Clube que o mesmo representa em boa colocação no quadro geral do campeonato. O garoto correu  a prova em 4.08.44, tempo que o deixa na quarta colocação do ranking do país.
Os atleta Alessandro Bonfim, 17 anos, vice campeão dos 2.000 metros com obstáculos em 2017, esse ano ficou em décimo geral com 6.38.99 e nos 3.000 metros rasos ele venceu a primeira série com o tempo de 9.31.66, finalizando em nono entre os 28 participantes.
Gabriel Guimarães, 17 anos, correu os 3.000 metros rasos em 9.30.14 e os 1.500 metros rasos em 4.21.19, décima segunda colocação entre os 30 participantes.
Agradecimento a FBA - Federação Baiana de Atletismo e a Mineração Caraíba pelo apoio.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.