Sem Comentarios

Após aumento de multa, petroleiros encerram greve na Bahia e outros dois estados

Após aumento de multa, petroleiros encerram greve na Bahia e outros dois estados
Foto: Agência Brasil

Os petroleiros encerraram a greve e já retornaram aos trabalhos na manhã desta quinta-feira (31) em pelo menos três estados: Bahia, Paraná e Santa Catarina. O recuo acontece após o Tribunal Superior do Trabalho (TST) ter aumentado de R$ 500 mil para R$ 2 milhões a multa diária aplicada aos sindicatos que aderirem à greve. Nesta quinta, segundo o G1, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) recomendou que os sindicatos suspendessem a greve de 72h iniciada na quarta. "A decisão do TST é claramente para criminalizar e inviabilizar os movimentos sociais e sindicais. Diante disso, a FUP orienta os sindicatos a suspenderem a greve. Um recuo momentâneo é necessário para a construção da greve por tempo indeterminado, que foi aprovada nacionalmente pela categoria", avalia a FUP em comunicado. A federação ainda fez críticas à diretoria da Petrobras. O movimento grevista fez críticas à "escalada descontrolada" de aumentos do gás de cozinha e dos derivados. São reivindicadas também a retomada da produção, a plena carga das refinarias e o fim das importações de derivados.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.