Sem Comentarios

Sindicato oferece recompensa de R$ 10 mil para quem identificar assassinos de delegado


O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia decidiu pedir uma ajuda extra para solucionar o caso do delegado Marco Torres, titular da Delegacia de Barra da Estiva, encontrado morto próximo ao município de Anagé, sudoeste da Bahia.
Nesta sexta-feira (20), o Sindicato divulgou no Facebook que está oferecendo uma recompensa de R$ 10 mil para quem tenha informações que possam identificar os assassinos do delegado. A denúncia pode ser feita anonimamente por meio do telefone (77) 98104-1010.
O caso
O delegado Marco Antônio Torres desapareceu dia 12 de abril, quando deixou o município de Barra da Estiva, onde é titular da delegacia, com destino a Vitória da Conquista. No dia seguinte, em uma estrada vicinal entre o município de Anagé o povoado de Sussuarana, o carro do delegado foi encontrado.
De acordo com policiais da 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Corpin), o veículo estava queimado e foi encontrado um corpo carbonizado dentro do automóvel. Peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) e policiais foram enviados ao local. Eles investigam se foi um acidente ou um crime. O carro foi encontrado em uma área que seria caminho para o delegado seguir para Vitória da Conquista.



Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.