Sem Comentarios

Conquista: Cartório segue fechado 1 semana após chefe ser preso pela PF

Conquista: Cartório segue fechado 1 semana após chefe ser preso pela PF
Foto: Reprodução / Blog do Anderson

Uma semana depois de o chefe de repartição ser preso na Operação Factum, da Polícia Federal, o Cartório do 1º Ofício de Registro de Imóveis e Hipotecas de Vitória da Conquista, no sudoeste, segue fechado. Segundo a TV Sudoeste, a regularização do funcionamento deve ocorrer em até dois meses. Na semana passada, o chefe de repartição, Antônio Carlos de Jesus Bramont, foi flagrado recebendo uma “taxa de agilização” para realizar serviços, de possíveis despachantes e de corretores de imóveis. Com a prisão de Bramont, o titular do Cartório do 2º Ofício, Carlos Resende, assumiu, temporariamente, o 1º Ofício. Segundo o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), durante os 60 dias, o novo titular do cartório fará o levantamento de documentos do Cartório do 1º Ofício para que o local volte a ter condições de atender a população. Por conta da suspensão das atividades, pessoas que precisam encaminhar documentos de compra e venda de imóveis estão sem atendimento. Ainda segundo a emissora, a partir da segunda-feira (16), moradores poderão procurar o Cartório do 2° Ofício da cidade apenas para ter orientações. No estabelecimento não será possível emissão de documento referente ao Cartório do 1º Ofício do Registro de Imóveis.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.