Sem Comentarios

Juiz Sérgio Moro pode ser exonerado do cargo por divulgar telefonema entre Lula e Dilma


Conselho Nacional de Justiça (CNJ) tem nome do juiz federal da Lava Jato, Sérgio Moro, na pauta da sessão desta terça-feira (17). Nesta, será avaliado o pedido do PT, PSB e PCdoB para que o magistrado seja punido por autorizar a divulgação de interceptação telefônica de conversa entre os ex-presidentes petistas Lula e Dilma Rousseff, em 2016.
Na ligação entre os políticos, Dilma teria informado a Lula que enviaria o assessor Jorge Rodrigo Araújo Messias, para levar um termo de posse para o cargo de ministro da Casa Civil. Na época, a ligação teria sido interpretada como uma forma de evitar uma eventual posse do petista. Como ministro ele teria direito ao foro privilegiado e só poderia ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
De acordo com coluna do EstadãoMoro poderá ser alvo de advertência, censura, remoção compulsória, aposentadoria compulsória ou até mesmo exoneração do cargo.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.