Sem Comentarios

PF encontra 12 ligações entre Temer e coronel considerado intermediário de propina

PF encontra 12 ligações entre Temer e coronel considerado intermediário de propina
Foto: Lula Marques / Agência PT

Um relatório da Polícia Federal aponta a existência de 12 ligações que teriam sido feitas entre o presidente Michel Temer e o coronel aposentado João Baptista Lima Filho. O policial militar foi considerado, em delação da J&F, como intermediário da propina destinada ao peemedebista. Segundo o relatório, as ligações ocorreram entre os dias 20 de abril e 13 de maio de 2017, período que antecedeu uma operação da PF que cumpriu mandados de busca e apreensão na casa de Lima e no escritório de sua empresa, a Argeplan. A ligação mais curta durou sete segundos, enquanto a mais longa teve duração de 4 minutos e 45 segundos. Ainda conforme relatório da PF, Baptista tinha também contato com o empresário Joesley Batista, da J&F; José Yunes, ex-assessor da Presidência; e com Moreira Franco, ministro da Secretaria-Geral da Presidência.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.