Sem Comentarios

Vereador quer publicidade em uniforme de escolas municipais de Salvador

A rede municipal de ensino conta com mais de 82 mil alunos - Foto: Tiago Barros l Ascom-Codesal
A rede municipal de ensino conta com mais de 82 mil alunos
Tiago Barros l Ascom-Codesal
Um projeto de lei quer transformar os uniformes dos alunos da rede municipal de ensino de Salvador em publicidade. Apresentada pelo vereador Felipe Lucas (PMDB), a proposta busca autorizar a promoção de convênios de empresas privadas com a Secretaria de Educação. As empresas doariam os fardamentos e, em contrapartida, exibiriam sua marca nas roupas.
De acordo com o vereador Felipe Lucas, a medida não visa colocar 'nenhum outdoor' na farda dos estudantes, apenas funcionaria como um incentivo para as marcas realizarem doações. Apesar de afirmar que a ação também busca trazer economia para a prefeitura, o parlamentar não soube informar quanto seria economizado com a medida.
A diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), Elza Melo, criticou a proposta. "No lugar de fazerem leis que melhorem a qualidade da educação, ficam criando projetos absurdos. Escola não é lugar de propaganda", comentou Elza.
Ainda conforme a diretora do APLB, o sindicato vai questionar a Câmara dos Vereadores. "Parece que estão brincando com a realidade e com a educação", completou. Atualmente, a rede municipal de ensino de Salvador conta com cerca de 82 mil alunos.
A matéria já tem parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Salvador (CMS) e pode ser votada no plenário. Se aprovada, a matéria segue para o prefeito ACM Neto (DEM).

O vereador Felipe Lucas (PMDB) é o autor do projeto (Foto: Regina Bochicchio | Ag. A Tarde)

Gabriel Andrade*

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.