Sem Comentarios

Agricultores familiares são capacitados em redes sociais durante o Bahia Rural Contemporânea



Representantes de associações e cooperativas que fazem parte do Bahia Rural Contemporânea - VIII Feira Baiana de Agricultura Familiar, Economia Solidária e Reforma Agrária (Febafes), participaram da Oficina "Redes Sociais como Ferramenta de Geração de Negócios para Agricultura Familiar", nesta segunda-feira (27), no Parque de Exposições de Salvador.

Promovida pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Superintendência de Agricultura Familiar (Suaf), em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), a oficina tem oobjetivo de capacitar os agricultores na utilização das redes sociais para auxiliar e conduzir da melhor forma a comercialização e inserção de produtos da agricultura familiar em mercados não usuais.

O agricultor Domingos Conceição, representante da Associação Beneficente de Pesca e Agricultura de Ituberá (ABPAGI), contou que a associação já divulga os trabalhos em algumas redes: “Por meio das redes sociais já conseguimos alguns contatos e realizamos algumas vendas. Queremos aprimorar nossos conhecimentos para ter mais eficácia na divulgação da nossa imagem e comercialização dos nossos produtos”.

Elisabete Costa, diretora de Agregação de Valor e Acesso a Mercado da Suaf, destaca que o tema é relevante para ser trabalhado com a agricultura familiar, pois as redes sociais estão presentes em todos os municípios, e, inclusive, na zona rural, onde as pessoas acessam todos os aplicativos disponíveis: “É uma ferramenta barata que podemos apostar e potencializar o uso com esse público. A oficina é para qualificar e passar informações mais adequadas sobre o uso das redes sociais. Os agricultores que já têm essa ferramenta poderão utilizar da melhor forma para divulgar seu produto e manter uma relação direta com os compradores, ampliar e melhorar sua comercialização utilizando esses instrumentos”.

De acordo com a palestrante do Sebrae, Alice Vargas, “é importante entender que a tecnologia está para todos, independente do seu tamanho, inclusive na agricultura, que a gente diz que não tem tamanho e sim escala, onde pequeno agricultor pode utilizar as mesmas estratégias de um grande produtor. Estar na internet, mostrar seu produto, o trabalho da cooperativa e, com isso, gerar negócios, pela internet ou até mesmo na sua própria comunidade”.

Além do espaço de comercialização, que neste ano traz armazéns da agricultura familiar de todos os Territórios de Identidade do estado, o Bahia Rural Contemporânea é um importante espaço de formação e capacitação dos participantes, por meio de cursos, palestras, oficinas e seminários, com uma extensa programação e temas voltados para o fortalecimento da agricultura familiar, reforma agrária, empreendedorismo, gestão de empreendimentos e políticas públicas para os municípios baianos.


Bahia Rural Contemporânea
É o maior evento de valorização e comercialização da agricultura familiar, economia solidária e reforma agrária do país. Em uma área de 10.890 metros quadrados, 270 expositores e 1.500 produtos de cooperativas e associações de todo o estado, compõem a VIII FEBAFES, com os Armazéns da Agricultura familiar, onde os visitantes podem adquirir a produção dos agricultores familiares dos 27 Territórios de Identidade do estado.

O evento conta também com programação cultural, Feira de Artesanato, Praça Gastronômica e a Cozinha Show, onde renomados chefes de cozinha farão receitas com produtos que estarão expostos.




Silvia Costa
Coordenadora de Comunicação
(71) 3115-3922


1493823826310_Assinatura_sdr.png

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.