Sem Comentarios

PF prende seis por fraude no INSS na Bahia

O prejuízo ultrapassou R$ 2 milhões - Foto: Joá Souza | Ag. A TARDE | 30.10.2014
O prejuízo ultrapassou R$ 2 milhões
Joá Souza | Ag. A TARDE | 30.10.2014
Seis pessoas foram presas nesta quarta-feira, 13, durante a Operação Álibi da Polícia Federal, na Bahia. A ação aconteceu em Teixeira de Freitas, Nova Viçosa e Porto Seguro, no interior do estado. Outras duas pessoas foram detidas em Minas Gerais e Rio de Janeiro.
A operação investiga um grupo criminoso dedicado a fraudar a Previdência Social. De acordo com a PF, a quadrilha usava nomes de pessoas que morreram na infância. Os dados fraudulentos eram usados para fazer alguns recolhimentos à Previdência Social com valores próximos ao teto de contribuição. Com isso, eles deixavam as "falsas pessoas" aptas a receber algum benefício do INSS.
Em seguida, eles simulavam o falecimento dessas pessoas, solicitando o benefício de pensão por morte. O prejuízo ultrapassou R$ 2 milhões.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.