Sem Comentarios

Jovem é encontrado morto após sair para jogar bola em Simões Filho

Bombeiros tiveram dificuldade para resgatar o corpo de Hércules do local - Foto: Margarida Neide l Ag. A TARDE


O corpo de Hércules Pereira de Jesus, de 25 anos, foi encontrado no início da tarde desta quarta-feira, 23, em uma ribanceira localizada na Estrada da Frimasa, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), atrás do posto de combustível Fon Fon. Ele foi morto a tiros e estava com os braços presos para trás com uma algema plástica.
Segundo uma tia, que preferiu não se identificar, o rapaz estava desaparecido desde o último domingo (20), quando saiu para participar de um campeonato de futebol no Campo do Barradão, na Fazenda Coutos, Subúrbio Ferroviário.
“Ele estava dentro do carro dele, aí outro carro chegou e o cercou. Quatro homens encapuzados desceram e levaram ele”, disse um colega, sob anonimato, por temer represália.
Ainda conforme ele, Hércules não foi morto no local onde o corpo foi encontrado já em estado de gigantismo. “Foram os policiais. Quem faz uma covardia dessa? Só eles mesmo, os policiais. Fizeram isso com ele e o jogaram aí”, desabafou o homem.
Dono e treinador do time 
De acordo com  familiares, Hércules trabalhava fazendo transporte na Ceasa, na CIA-Aeroporto, e era dono e treinador do time Os Bicheiros. No domingo, ele foi assistir o Campeonato do Realce - da Liga Desportiva da Fazenda Coutos -, do qual Os Bicheiros participava.
O caso é investigado pela 22ª Delegacia (Simões Filho), pelo delegado Ciro Carvalho Palmeira, titular da unidade. A reportagem ligou diversas vezes para o telefone da sala do delegado e para o celular, no entanto, não conseguiu obter êxito.

Reprodução: A Tarde

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.