Sem Comentarios

Após post ofensivo no Facebook, homem é condenado a 35 anos de prisão


Após um post no Facebook, um homem foi condenado a 35 anos de prisão na Tailândia. Identificado apenas como Wichai, o rapaz teria feito um perfil fake com outro nome e postado mensagens, fotos e vídeos supostamente ofendendo o rei do país, Maha Varijalongkorn.
O rei está no cargo desde 2016, mesmo ano em que as supostas ofensas aconteceram e em que o acusado foi preso. Segundo regulamentos da Tailândia, ofender a realeza é proibido e o caso foi enquadrado como crime de lesa-majestade.
Wichai foi condenado a 70 anos de prisão, contudo, após ele ter confessado o crime, sua pena foi reduzida para 35 anos.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.