Sem Comentarios

Poço Seco: ex-diretor da Petrobras é preso pela Polícia Federal


A Polícia Federal prendeu preventivamente Pedro Augusto Bastos, ex-gerente da área internacional da Petrobras, que teve participação ativa no processo de aquisição do bloco de petróleo em Benin. Sua prisão ocorreu durante a operação Poço Seco, a 41ª fase da Lava Jato.
Além de Bastos, a operação mira os operadores do PMDB na estatal: João Henriques e Jorge Luz.
Os treze mandados judiciais da ação foram cumpridos no Distrito Federal, São Paulo e Rio de Janeiro. 
A nova fase da operação investiga transações financeiras realizadas a partir da aquisição, por parte da Petrobras, de direitos de exploração de petróleo em Benin, na África, com o objetivo de disponibilizar recursos para o pagamento de propina a ex-gerente da área de negócios internacionais da empresa.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.