Sem Comentarios

Papa recusa convite de Michel Temer

Depois do presidente Michel Temer expedir carta, em 2016, solicitando a presença do Papa Francisco nas celebrações dos 300 anos da devoção à Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, o pontífice se viu obrigado a recusar o convite. O motivo seria a agenda intensa. 
Na oportunidade, o líder máximo da Igreja Católica também fez questão de emitir uma mensagem sobre o cenário político do país. “Sei bem que a crise que o país enfrenta não é de simples solução, uma vez que tem raízes sócio-político-econômicas, e não corresponde à Igreja nem ao Papa dar uma receita concreta para resolver algo tão complexo”, escreveu.
E se o Papa não vem ao Brasil, Dória (PSDB) vai até o Papa. Nesta terça-feira (18), o prefeito de São Paulo visita o Vaticano, onde participa de audiência pública e espera conseguir contato para que seja “reconsiderado” o pedido de Temer.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.