Sem Comentarios

Moro interroga Palocci nesta quinta para apurar propina em troca de favores para Odebrecht

Moro interroga Palocci nesta quinta para apurar propina em troca de favores para Odebrecht
Foto: José Cruz / Agência Brasil

O juiz Sergio Moro interroga nesta quinta-feira (20) o ex-ministro Antonio Palocci, em ação que investiga o recebimento de propina em troca de favores para a Odebrecht. Também será ouvido o ex-assessor do petista, Branislav Kontic, a partir das 10h, na sede da Justiça Federal do Paraná, em Curitiba. Ambos são acusados dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. De acordo com o G1, os dois são os últimos réus a serem interrogados no processo, que ainda tem como réus o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, o ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque, e o ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht. Depois das oitivas as defesas e a acusação poderão solicitar diligências complementares, que serão analisadas por Moro. Em seguida, o magistrado determinará os prazos para apresentação das alegações finais, última fase do processo antes da sentença. Palocci foi preso no dia 26 de setembro pela 35ª fase da Operação Lava Jato, mesma ocasião em que Kontic foi preso. O ex-assessor, no entanto, deixou a prisão em 15 de dezembro de 2016, depois de uma decisão da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que trocou a prisão preventiva por medidas cautelares alternativas.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.