Sem Comentarios

Desembargador recua e Adriana Ancelmo não voltará à prisão

Desembargador recua e Adriana Ancelmo não voltará à prisão
Foto: Reprodução

A ex-primeira dama do Rio de Janeiro, Adriana Ancelmo, não voltará mais à prisão. Após a 1ª Turma Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) revogar a prisão domiciliar de Adriana em votação nesta quarta-feira (26), o desembargador Abel Gomes reconsiderou a decisão após um pedido do advogado da ré. De acordo com a coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, o desembargador vai esperar que a defesa ingresse com embargos infringentes - recurso cabível quando uma decisão da Corte não é unânime – para, somente depois do julgamento destes recursos, definir se ela deve voltar à prisão.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.