Sem Comentarios

Alvo da lista de Fachin, Collor diz ter disposição para concorrer à Presidência

Alvo da lista de Fachin, Collor diz ter disposição para concorrer à Presidência
Foto: José Cruz / Agência Brasil

O senador e ex-presidente da República Fernando Collor de Mello (PTC-AL) não descarta a possibilidade de concorrer o mais alto cargo do Executivo brasileiro. Em entrevista ao Programa Amaury Jr. que vai ar nesta quarta-feira (12), Collor disse que não pode bater o martelo em relação à questão. "Sempre digo que política é destino. Por mais que possamos planejar qualquer coisa na vida política de cada um de nós que militamos na vida pública, nunca sai como se planeja. (...) A questão da Presidência não me passa pela cabeça nos dias de hoje, mas eu não posso em sã consciência dizer que isso está afastado, porque eu tenho que me submeter aos planos que o destino traçou para mim", declarou o senador. Collor é um dos alvos da lista do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). Um inquérito foi aberto contra o alagoano para investigar o suposto recebimento de R$ 800 mil de caixa dois em sua campanha ao Senado em 2010. 

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.