Sem Comentarios

Perícia indica falsificação de documentos por parte do Internacional no “Caso Victor Ramos”


No ano passado, o Internacional apresentou um levantamento que supostamente comprovava a irregularidade do zagueiro Victor Ramos, o que causaria o rebaixamento do Vitória e, consequentemente, salvaria a equipe gaúcha do descenso.
Nesta quinta-feira (30), o “Caso Victor Ramos” ganhou um novo capítulo. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), através de nota oficial, anunciou que uma perícia comprovou a falsificação de documentos por parte do Internacional.
O ex-presidente do Inter, Vitório Piffero e os advogados que defendem o clube gaúcho, foram intimados para prestar esclarecimentos em audiência nesta tarde, mas não compareceram. Ausência foi justificada como “problema de saúde e compromissos profissionais”.
Enquanto isso, o caso segue sem definição. No próximo dia 4 de abril, três árbitros – um italiano, um português e um israelense – ouvirão e avaliarão todas as partes envolvidas no processo, em uma audiência na Corte Arbitral do Esporte (CAS), na Suíça, para decidir o caso.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.