Sem Comentarios

Governo investe em infraestrutura para garantir fornecimento de água


Não deixar o chuveiro nem a torneira abertos enquanto lava os pratos ou as mãos e poupar enquanto rega as plantas. Nesta quarta-feira (22), data em que é celebrado o Dia Mundial da Água, é importante reforçar as práticas de combate ao desperdício e destacar o que é feito para garantir o abastecimento constante em todo o estado. 

O Governo da Bahia tem investido em obras estruturantes e emergenciais. Destaque para a instalação do sistema de bombeamento que reverte o fluxo do Lago de Santa Helena para o Rio Jacumirim e abastece a barragem de Joanes II, um dos principais mananciais que atendem Salvador e região metropolitana. 

Em meio à maior crise hídrica dos últimos 100 anos, outra importante obra é realizada para garantir o fornecimento regular de água. Com 57% das obras concluídas, a Barragem do Rio Colônia vai beneficiar 353 mil habitantes dos municípios de Itabuna e Itapé, no sul do estado. 

O governo estadual também investe na ampliação da infraestrutura hídrica nas regiões de Vitória da Conquista, Seabra e no centro-norte baiano. Em fase de licitação, as barragens do Rio Catolé, Baraúnas e Ponto Novo devem atender mais de 550 mil pessoas de 15 municípios.  


Plano de Segurança Hídrica

Além dessas ações, que devem mudar o contexto hídrico no estado, a administração pública prepara o território baiano para os próximos 20 anos. O edital para o Plano Estadual de Segurança Hídrica deve ser lançado ainda em 2017. O plano inclui estudos de necessidade hídrica de região por região, além da elaboração de um planejamento com estratégias que garantam o fornecimento de água nos 417 municípios baianos. 

De acordo com o diretor-geral da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), Davi Simões, o plano é importante para dar consistência à construção hídrica no estado. “Cada lago, poço ou barragem vão ser estudados, assim como o abastecimento de cada região. Os estudos vão embasar decisões importantes, como a realização de uma transposição de rio ou reversão de fluxo. Vai permitir uma visão mais abrangente da região que precisa da construção de uma barragem, por exemplo. O planejamento vai ajudar na atuação do governo também de maneira preventiva”, explica Simões.    

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), com apoio das forças de segurança estaduais, também tem intensificado o combate ao furto de água. Os principais alvos das fiscalizações são lava-jatos e edifícios comerciais e residenciais.  

Abastecimento 

De janeiro de 2015 a dezembro de 2016, o Governo do Estado, por meio da SIHS, promoveu a implantação 242,98 mil novas ligações de água na Bahia, beneficiando 833,4 mil pessoas. No mesmo período, implantou 47 Sistemas de Abastecimento de Água (SAA) e ampliou outros 36, atendendo mais de 600 mil pessoas, além de expandir 10 Sistemas Integrados de Abastecimento de Água (SIAA), mudando a vida 4,6 milhões de baianos, e perfurar 839 poços tubulares. 

As intervenções resultaram ainda na implantação de mil Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água (SSAA), beneficiando 193,1 mil pessoas. Como obras relevantes para a garantia da água de qualidade, o governo ampliou a Barragem de Tapera em 40% da capacidade de armazenamento e recuperou as barragens de Pedras Altas (Capim Grosso), Riacho dos Poços (Boa Vista do Tupim) e Pituaçu.   

As ações não contemplam apenas das sedes das cidades. Em 2015, 95 mil pessoas de 278 municípios foram beneficiadas com ações da Companhia de Engenharia e Recursos Hídricos (Cerb) para o abastecimento no meio rural. Outras 426,6 mil pessoas que moram no campo foram beneficiadas com 120 mil novas ligações de água da Embasa. Já em 2016, os números de beneficiados chegaram a 173 mil e 406,8 mil, respectivamente.  


Fotos: Manu Dias e Camila Souza/GOVBA

Foto 6 - Davi Simões, diretor-geral da Secretaria de Infraestrutura Hídrica do Estado (SIHS)

....................................................................................................
Secom  - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia
www.comunicacao.ba.gov.br
Telefone: (71) 3115-9425

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.