Sem Comentarios

Feira: Protesto suspende votação de projeto que muda previdência municipal

Feira: Protesto suspende votação de projeto que muda previdência municipal
Foto: Paulo José / Acorda Cidade

Um protesto de professores de Feira de Santana acabou suspendendo a votação de um projeto de previdência municipal na Câmara de Vereadores nesta segunda-feira (20). Segundo o Acorda Cidade, a categoria, através de Marlede Oliveira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (APLB), declarou que não foi convidada para discutir a reforma da previdência no município. “O governo está invadindo o contracheque dos trabalhadores. Disse que tem um rombo na previdência e quer passar por cima dos trabalhadores. A gente não aceita”, disse ao site. Já o vereador Ewerton Carneiro (PEN), vice-presidente da Câmara de Vereadores e que presidiu a sessão nesta segunda-feira, afirmou que o protesto dos docentes tumultuou o local, o que fez a sessão ser suspensa. Carneiro disse que "o poder legislativo foi invadido". Em Feira, os professores estão em greve desde a quarta-feira (15), dia em que ocorreu o Dia Nacional de Lutas, com protestos em todo o país.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.