Sem Comentarios

Saiba quanto ganha um trio de arbitragem nas Séries A e B do Brasileirão


Os árbitros e seus auxiliares são responsáveis por conduzir e controlar uma partida de futebol. No Brasil, a grande maioria desses profissionais não se dedicam exclusivamente ao mundo da bola e dividem o apito com as mais diversas profissões.
Por esse motivo, os árbitros brasileiros estão cada vez mais suscetíveis a erros. A arbitragem no país ainda é considerada semi-profissional e os árbitros apitam somente três jogos por mês, em média.
Na Série A do Campeonato Brasileiro, os árbitros FIFA recebem entre R$ 3.5 mil e R$ 4 mil por partida, no entanto, se o árbitro ainda for aspirante a FIFA, o valor recebido fica entre R$ 2 mil e RS 2.5 mil. Na Série B, os valores são ainda mais baixos. O árbitro FIFA ganha entre R$ 2.5 mil e R$ 3 mil, enquanto o aspirante a FIFA recebe entre R$ 1.5 mil e R$ 2 mil.
No caso dos auxiliares, popularmente conhecidos como bandeirinhas, os valores também são menores. Na Série A, os auxiliares FIFA ganham entre R$ 2 mil  e R$ 2.5 mil,  enquanto os aspirantes recebem entre R$ 1.5 mil e R$ 2 mil. Na Série B, os auxiliares FIFA recebem entre R$ 1.5 mil e R$ 2 mil, já os aspirantes ganham entre R$ 1 mil e R$ 1.5 mil.
Vale ressaltar que todos os valores são recebidos por partida, e se a partida for realizada fora do estado em que os árbitros são federados, eles recebem R$ 500 a mais como ajuda de custo. Esses valores são equivalentes à última temporada, portanto, para o Brasileirão 2017, podem sofrer reajustes.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.