Sem Comentarios

Lote de extrato de tomate é suspenso pela Anvisa por conter pelo de roedor


Um lote de extrato de tomate foi proibido de circular pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), segundo proibição publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta segunda-feira (20)
Fabricado pela Heinz Brasil, o produto da marca Quero foi autuado por conter presença de pelo de roedor.
A empresa está incumbida de recolher todo o estoque do lote do extrato de tomate dos mercados em todo o país.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.