Sem Comentarios

Deputado Roberto Carlos e o ex-prefeito de Filadélfia articularam vitória de Carlos Brasileiro.

Por. Ivan  Silva 

Para evitar que o prefeito de Filadélfia Louro Maia (DEM) assumisse a Presidência do Consórcio, a cúpula do PDT do deputado estadual Roberto Carlos e do ex-prefeito de Filadélfia, Barbosa Junior, decidiram entrar em campo e apoiar a candidatura do prefeito de Senhor do Bonfim, Carlos Brasileiro (PT).
O atual prefeito de Filadélfia, Louro Maia, recentemente esteve participando de entrevista na Radio Caraíba, e confirmou para o repórter, Ivan Silva, que já tinha conversado com Hélio Palmeira (Pindobaçu), Everton Rocha (Jaguarari), Roberto Carlos (Antonio Gonçalves), Candinho (Caldeirão Grande), e todos os prefeitos garantiram votar nele. Mas na hora da votação, a banda desafinou, e o combinado não aconteceu, votaram contra Louro Maia, os prefeitos de Jaguarari e Caldeirão Grande.
Informações que na sexta feira (8), o ex-prefeito de Filadélfia, Barbosa Junior, teria passado a tarde toda na prefeitura de Senhor do Bonfim, justamente articulando a eleição do Consórcio.
Ainda no mesmo dia, o prefeito de Caldeirão esteve em Filadélfia, e teria levado para seu município, uma caçamba e um carro pipa que pertencem ao consórcio, mas que estava sobre a responsabilidade do ex-prefeito Barbosa Junior.
Segundo uma fonte, o voto de Candinho em Carlos Brasileiro, teria lhe rendido também uma audiência com o governador, Rui Costa, agendada por intermédio de Roberto Carlos já para essa semana.
Por diversas vezes, e sem sucesso, nossa equipe tentou falar por telefone com os prefeitos Everton Rocha (Jaguarari), e Candinho (Caldeirão).
Segundo Louro Maia, não foi apenas a interferência do deputado, Roberto Carlos (PDT), que tirou a oportunidade de Filadélfia presidir o consorcio, teve também o rolo compressor do governo do estado; ” eu queria ser eleito presidente para fazer um trabalho diferenciado no consórcio, mais o deputado que diz representar Filadélfia, fez de tudo para eleger o colega Carlos Brasileiro, quem perdeu não foi Louro Maia, e sim, graças ao deputado Roberto Carlos, quem perdeu foi Filadélfia. Quero desejar sorte a Carlinhos, e dizer que estaremos juntos, e juntos nos iremos lutar para colocar nossa região no lugar que ela jamais  deveria ter saído” comentou Maia.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.