Sem Comentarios

Chapecoense denuncia advogados oportunistas que agem em nome do clube junto aos familiares das vítimas


A Chapecoense divulgou nota de repúdio na qual denuncia advogados que têm se passado por representantes do clube apenas com o objetivo de captar serviços, aproveitando-se das situações fragilizadas das vítimas da tragédia com o voo da Lamia, que matou 71 pessoas em novembro, na Colômbia.

O clube avisa que tomará medidas cabíveis na Justiça e esclarece que apenas o vice-presidente jurídico do clube, Luiz Antônio Palaoro, e os diretores Luís Sérgio Grochot e Marcelo Zolet estão autorizados a falar juridicamente pela Chapecoense.


Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.