Sem Comentarios

Campo Formoso: Prefeita decreta 'inviabilidade administrativa' e acusa ex-gestor

Campo Formoso: Prefeita decreta 'inviabilidade administrativa' e acusa ex-gestor
Foto: Reprodução / TRE-BA

Mais uma prefeitura decretou estado de emergência por problemas de gestão. Desta vez, a prefeita de Campo Formoso, no Piemonte Norte do Itapicuru, Rose Menezes (PSD) resolveu determinar “inviabilidade administrativa”. A gestora ainda alega que a administração passada não informou sobre a situação financeira do Município e que o ex-prefeito não fechou a contabilidade em dezembro passado. Conforme a prefeita, a gestão dela tem R$ 1,4 milhão para despesas de R$ 4,1 milhões. Menezes ainda declarou que há falta de profissionais, principalmente na saúde. Conforme o G1, a situação impossibilita a prefeita a tomar qualquer medida referente aos pagamentos de funcionários, fornecedores e demais serviços. Em resposta, o ex-prefeito Eurico Soares afirmou que passará todas as informações contestadas até 31 de janeiro, prazo, segundo ele, que tem por direito. Pelo decreto da atual prefeito, deliberado na terça-feira (18), ficam permitidas, pelo prazo de 90 dias, dispensas de licitações. A atual gestora também fica autorizada a contratar funcionários temporariamente. O decreto pode ser ainda prorrogado por mais 90 dias.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.