Sem Comentarios

Mineração Caraiba: Sai de Recuperação Judicial. E agora?



foto: JA


A empresa Mineração Caraíba S/A, uma das mais importantes mineradoras do nordeste brasileiro, passou por diversos momentos desde sua descoberta em 1974. A empresa passou para o controle estatal e finalmente, em 1994, ela foi desestatizada, na época ( Itamar Franco – Presidente da República), fazendo parte de uma política de privatização do então governo.

Importante salientar que durante todo o processo de privatização da Mineração Caraíba, que, em 1988, já havia sido desmembrada da Caraiba Metais Metalurgia, causou expectativa sobre o futuro de suas atividades, sobretudo em relação aos empregos e a continuidade do distrito Pilar.
FOTO :MCSA

Tudo isso gerou um profundo e polêmico debate entre os principais investidores interessados e os trabalhadores, estes representados pelo sindicato da categoria, culminando no Acordo Coletivo de Privatização. Desta forma, mesmo com algumas controvérsias, o documento assegurou a continuidade as atividades da mineradora, dos direitos e conquistas dos trabalhadores e dos moradores do distrito Pilar que tiveram a garantia mínima de que a localidade continuaria “viva”.

 Desde então, se criou uma expectativa sobre o futuro da empresa: a mina a céu aberto findou suas atividades em 1998, diminuindo assim a capacidade de produção do minério de cobre; com isso, a produção de metal passou a acontecer exclusivamente na mina subterrânea, que para atender o mercado e manter os empregos necessitou de novos investimentos. O tempo foi passando, a empresa foi crescendo e logo ganhou novamente o cenário de destaque em âmbito nacional.

Sem a existência da mineradora não existiriam os postos de trabalho nem a renda distribuída aos colaboradores, bem como não existiria o Sindicato que os representam. Talvez, não existiria o distrito de Pilar, comércio local e todos os empregos indiretos. O município de Jaguarari não teria uma arrecadação tão importante e invejada por vários outros de nossa região. O Estado e a União deixariam de arrecadar valores significativos com impostos e taxas.

Várias turbulências foram superadas, mas sempre com a dúvida: Será que a mina vai fechar? E os empregos? E o distrito Pilar vai conseguir sobreviver? E o município de Jaguarari, como fica sem a mineradora?

Todas essas indagações ficaram mais evidentes e sensivelmente preocupantes após a empresa Mineração Caraíba S/A ter ingressado na justiça com seu pedido de recuperação judicial. Tempos depois, após formalizar o pedido de saída, as fortes chuvas de janeiro de 2016 que culminaram no alagamento de parte da mina subterrânea, causando prejuízos enormes a empresa. Este fato ocasionou um novo pedido de entrada de Recuperação Judicial.

Com tantas dificuldades, a empresa que outrora representou o desenvolvimento de toda uma região, já acumulava alguns atrasos de pagamentos a fornecedores e empréstimos financeiros, e começou a ter dificuldade para pagar seus funcionários. Apesar de toda dificuldade, após liberar grande parte de seus colaboradores para casa em junho de 2016, honrou o pagamento dos salários por vários meses, mesmo sem produzir. Apesar de ter restringido alguns procedimentos eletivos, manteve também o Plano de Saúde que gerencia, assegurando a saúde de colaboradores e familiares.

Foram meses de angústias, expectativas, negociações, porém, acima de tudo, esperança. E essa esperança era sentida de todos os lados, em busca da solução do problema, dentro do coração de cada um dos envolvidos.
FOTO> MCSA

Mas nesta segunda-feira (dia 05/12/2016), a ansiedade deu lugar a novas alegrias: a mineradora, os trabalhadores e a comunidade de toda região brindaram a saída da recuperação judicial, passo importante para entra de um novo acionista e do recurso financeiro. O que vai acontecer daqui pra frente? Uma pergunta que não se tem resposta. Mas o que se espera é que a empresa volte a suas atividades normais, que sejam mantidos os empregos de tantos pais e mães de família, que o município de Jaguarari, principalmente o distrito Pilar, possa se reerguer fortemente. 


Nesse momento é preciso que cada um reflita sobre essa situação tão profunda que acabou de passar. Esperamos que a Mineração Caraíba volte a ser tudo o que ela sempre representou a nós. Vamos em frente!


http://www.jaguarariacontece.com.br/

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.