Sem Comentarios

Líder de facção criminosa em Feira de Santana ordena mortes de dentro de presídio

O detento Marilton Nunes de Jesus, conhecido como Mamai, líder da facção criminosa Katiara em Feira de Santana, deu ordem para matar duas pessoas de dentro do Conjunto Penal de Segurança Máxima de Serrinha, de acordo com informação é do coordenador da 1ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/Feira de Santana), delegado João Uzzum.


Mamai teria ordenado o duplo homicídio em represália à morte de um comparsa dele. O criminoso ordenou ainda um terceiro ataque, quando uma mulher teve o cabelo raspado e foi ameaçada de morte e a agressão foi filmada e postada nas redes sociais
No regime de segurança máxima, os presos ficam isolados nas celas, mas Mamai continuou comandando o tráfico em Feira de Santana. O delegado explicou que ele é homem de confiança de Adilson Souza Lima, conhecido como Roceirinho.
Em 2016 ele foi flagrado duas vezes com entorpecentes dentro do presídio de Serrinha, o único de segurança máxima na Bahia. Mamai ainda é acusado de ter ameaçado de morte funcionários do conjunto penal.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.