Sem Comentarios

GRUPO DE TRABALHO DO MOVIMENTO SOS ADUTORA CARAÍBA É RECEBIDO POR MINISTRO DE MINAS E ENERGIA



Representantes do Movimento SOS Adutora Caraíba, foram recebidos pelo Ministro Fernando Bezerra Filho de Minas e Energia para tratar das dificuldades que estão passando os produtores irrigantes da área da Adutora nos municípios de Juazeiro e Jaguarari causado pelo alto valor cobrado pelo M3 de água consumida na irrigação. Os membros do grupo levaram ao Ministro, que também é filho da região, uma apresentação mostrando a importância da Adutora para a região norte da Bahia, onde atende a quase 100 mil pessoas, dentre estas mais de um mil produtores irrigantes, o que torna a aérea irrigada maior que diversos Distritos de Irrigação do Vale do São Francisco e que tem grande importância socioeconômica além do abastecimento humano, nos municípios de Juazeiro, Jaguarari e Uauá. O Ministro se comprometeu em apoiar o movimento, iniciando com contato com a Mineração Caraiba. Uma das expectativas do movimento com relação ao apóio do Ministério de Minas e Energia é o fato que a Adutora não recebe o benefício da Tarifa Verde para a Irrigação e Consumo humano no uso da energia que é cobrada 100% como uso para indústria, sendo que o consumo desta atividade é fica apenas aproximadamente 30% de todo volume bombeado, o restante está para o consumo humano e Irrigação. 

Uma das alternativas que o Grupo de Trabalho do Movimento SOS Adutora Caraíba, entende ser mais viável é a criação de um Distrito de Irrigação e Consumo Humano, que seria formado por entidades representativas dos produtores, consumidores como a EMBASA e SAAE de Juazeiro, Mineração Caraíba/EPC e órgãos governamentais. Estiverem na Audiência com o Ministro  Fernando Bezerra Filho e Técnicos do Ministério, o Deputado Estadual Zó, Zilton Filho - Analista da CODEVASF, Agnaldo Meira - Vereador e também representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro, Mychel Ferraz - Coordenador de Agricultura Sustentável do Ministério de Agricultura e José Guimarães (Zezinho) que reapresentou os produtores irrigantes de Jaguarari.

Fonte: Movimento SOS Adutora Caraíd

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.