Sem Comentarios

Potenciais da aquicultura e carcinicultura da Bahia são apresentados na FENACAM, em Fortaleza

O secretário da Agricultura Vitor Bonfim participou da 13ª Feira Nacional do Camarão (FENACAM), em Fortaleza, que conta com a participação da Bahia Pesca, empresa vinculada a Secretaria da Agricultura (SEAGRI). O secretário ressaltou o potencial da Bahia para a carcinicultura. “O Estado possui mais de 1.200 km de área costeira e mais de 100 mil hectares propícios para a carcinicultura. Estamos presentes na 13ª FENACAM, com o estande da Bahia Pesca, para apresentar a todos os potenciais e as oportunidades que a Bahia oferece, e convidar vocês, que querem investir no setor, para conhecerem a Bahia".

Vitor Bonfim ressaltou ainda o esforço do Estado para consolidar e desenvolver o setor. “Inauguramos este ano o Centro Vocacional Tecnológico do Pescado (CVTT), no município de Santo Amaro da Purificação, uma parceria do Governo do Estado e Governo Federal, que contou com um investimento de 15 milhões, e já capacitamos lá mais de mil pescadores. No CVTT temos uma estrutura para realização de oficinas, incubadoras, unidades de beneficiamento, cozinha industrial e fábrica de gelo”, afirmou o secretário.

A Bahia Pesca trouxe para a FENACM, que segue até amanhã (24/11), uma tecnologia adaptada pela empresa para a produção de peixes. Trata-se da piscicultura em sistema bioflocos, um novo método de produção que permite que os produtores baianos possam ter “fazendas” de peixes mesmo em locais com baixo suprimento de água.

O sistema bioflocos
A tecnologia de bioflocos consiste na técnica de cultivo que estimula o crescimento de bactérias que fazem a assimilação em biomassa bacteriana, formando aglomerados compostos por restos de fezes e ração, bactérias e outros microrganismos. A técnica reaproveita a água do sistema e permite a diminuição de gastos com a renovação da água, reduzindo o consumo e o impacto ambiental, e aumentando a eficiência e a sustentabilidade da produção.

A Bahia Pesca prevê a instalação em cidades do semiárido, de tanques-lona com capacidade para 20 mil litros de água, que serão povoados com tilápias, peixe de fácil manejo e ótima adaptabilidade. Cada tanque será capaz de produzir, por ano, 3.600 quilos de peixes.

Ascom Seagri
Fones:71.3115.2794 / 3115.2737/2767/ 8718.2872

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.