1 Comentario

Ex-presidente Lula pede prisão de Sérgio Moro por abuso de autoridade

O ex-presidente Lula quer Sérgio Moro atrás das grades. Pelo menos de acordo com seus advogados. Isso porque a defesa do petista ingressou com uma queixa-crime subsidiária no Tribunal Regional Federal da 4ª Região para que Moro, responsável pela Lava Jato, seja condenado por abuso de autoridade. A punição para este delito pode ser a prisão de dez dias a seis meses, além de exoneração do cargo.
“Após expor todos os fatos que configuram abuso de autoridade, a petição pede que o agente público Sergio Fernando Moro seja condenado nas penas previstas no artigo 6º. da Lei 4.898/65, que pune o abuso de autoridade com detenção de dez dias a seis meses, além de outras sanções civis e administrativas, inclusive a suspensão do cargo e até mesmo a demissão”, diz o texto assinado pelos advogados de Lula Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira.
Eles citam o artigo 16 da Lei 4.898/65, que autoriza a vítima de abuso de autoridade a propor uma ação penal contra um juiz. Segundo a defesa de Lula, o ex-presidente teve “seu direito de liberdade por aproximadamente 6 horas”.
Fotos: Divulgação

1 comentários:

Kkkk! Não devemos rir da miséria dos outros. Mais está é demais. Bandido nunca que ser bandido. Coloca este safado nas grades logo Sergio moro , está esperando o que?

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.